Café e analgésicos: por que não se preocupar

Na última semana de setembro de 2007, um novo estudo foi publicado pela Escola de Farmácia da Universidade de Washington sobre as interações tóxicas entre cafeína e paracetamol, o analgésico químico que é o ingrediente ativo do Tylenol, Excedrin e outros remédios para analgésicos e frios OTC produtos.

melhores fones de ouvido bluetooth para malhar

Um punhado de meios de comunicação perdeu pouco tempo em soar um alarme. Consumir café e Tylenol ao mesmo tempo pode causar danos ao fígado, alertou um artigo online da Fox News. O US News and World Report teve o reitor da UWSP e co-autor do estudo Sid Nelson, PhD, sugerindo o uso de aspirina ou ibuprofeno (encontrados em marcas como Advil e Motrin) se você estiver lidando com uma dor de cabeça de vodca Red Bull (palavras deles, não dele ), e a escola de farmácia reproduziu este artigo em seu site. Um jornal universitário canadense chegou a usar a manchete: O assassino da ressaca que está matando você.

Não deixe essas manchetes sensacionalistas assustarem você. Um olhar mais atento sobre o estudo real mostrou que a criação de um subproduto tóxico do fígado ocorreu quando os pesquisadores usaram uma quantidade de cafeína equivalente a vinte copos de café. Se você pertence a esse grupo com excesso de cafeína, deve conversar com seu médico sobre analgésicos de venda livre alternativos (e talvez abordar seu hábito de tomar café enquanto faz isso).



Para o resto de nós, é seguro beber quantidades moderadas de cafeína enquanto toma paracetamol conforme as instruções.

como tratar uma picada de aranha

Não há perigo associado a tomar doses terapêuticas normais de produtos de paracetamol e beber café ou outras bebidas com cafeína, disse Nelson em uma entrevista por e-mail. Indivíduos que tomam quantidades normais de paracetamol podem beber café e outros produtos que contenham cafeína sem preocupação.

[quebra de página]

Nelson procurou esclarecer as descobertas do estudo depois de sentir que seus comentários foram muito distorcidos nas notícias recentes. Na verdade, ele apontou que, com exceção de um pequeno grupo com disfunção hepática, o resto da população tomaria paracetamol e cafeína com mais segurança, porque causa menos risco de sangramento no estômago do que o ibuprofeno ou a aspirina.

Quanto a produtos como Excedrin e Midol, que já combinam cafeína com paracetamol em sua fórmula, Nelson disse: Em doses normais, a cafeína aumenta os efeitos analgésicos do paracetamol. Na verdade, esses produtos são benéficos e bastante seguros quando tomados conforme as instruções.